sexta-feira, 17 de junho de 2011

Vacinação contra a poliomielite será nos dias 18 de junho e 13 de agosto



A campanha nacional de vacinação contra a poliomielite será realizada nos dias 18 de junho e 13 de agosto, segundo anunciou nesta terça-feira (7) o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Segundo Padilha, a meta é vacinar 95% das 13,44 milhões de crianças entre 0 e 5 anos, durante as datas em que serão aplicadas as duas doses da imunização.

Neste ano, crianças que ainda não tomaram a segunda dose da vacinação contra a gripe influenza também poderão ser imunizadas durante a campanha contra a poliomielite. Segundo o ministério, serão investidos R$ 42 milhões na campanha, sendo que R$ 22 milhões foram aplicados somente na compra das vacinas. Nos dias de mobilização haverá 115 mil postos abertos das 8h às 17h.

"Só nestas datas são abertos 115 mil postos de vacinação no Brasil. É quase cinco vezes mais do que o habitual. Aquelas crianças que se vacinaram para Influenza e precisam da segunda dose, por exemplo, a receberão no mesmo dia ou poderão agendar", lembrou o ministro.

A coordenadora nacional de programas de imunização, Carla Domingues, lembra que quem perder a data da campanha poderá receber uma das duas doses nos postos de saúde em outros dias. "A vacina contra a poliomielite é oferecida normalmente nos postos. Se a mãe não puder levar nesse dia, na semana seguinte a família deve levar a criança para ser vacinada. O importante é garantir que todas as crianças sejam vacinadas no mesmo período", disse a coordenadora nacional de programas de imunização.

Doença
A poliomielite é uma doença infectocontagiosa grave, causada e transmitida por um vírus (o poliovírus). A contaminação se dá principalmente por via oral e, na maioria das vezes, não é letal. Em geral, o doente adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso, provocando paralisia, principalmente nos membros inferiores.

Brasil sem poliomielite
De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre do vírus causador da pólio desde 1989, quando o último caso da doença foi registrado. Em 1994, o país recebeu da Organização Mundial de Saúde (OMS) o certificado de eliminação da poliomielite.

No entanto, segundo a pasta, enquanto houver circulação do vírus em qualquer região do mundo é necessário continuar com a vacinação. A doença ainda é comum em alguns países africanos e asiáticos.

Sarampo
Os dias de mobilização para vacinação contra poliomielite também serão aproveitados para imunização contra o sarampo em alguns estados. No dia 18 de junho, a vacinação ocorrerá em São Paulo, Rio de janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Ceará, Pernambuco e Alagoas. A escolha foi feita pelo ministério levando em consideração os estados com maior população, mais turistas ou menor cobertura de vacinação contra a doença.

Os outros estados terão a vacinação no dia 13 de agosto. A expectativa do ministério é vacinar 17 milhões de crianças entre um e sete anos contra o sarampo. "Para maiores de sete anos, até 39 anos, que vão viajar para Europa, onde houve um surto, nossa recomendação é que reforce a vacinação contra o sarampo, mas fora dos dias de mobilização", afirmou o ministro.

Fonte: Tiago Falqueiro Do G1, em Brasília.

Participe! Vacine seu Filho!

Edna MarS






Nenhum comentário:

Veja Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Edna MarS"