domingo, 27 de novembro de 2011

Medita nisso...




Se algumas pessoas se afastarem de você,

não fique triste, isso é resposta da oração:


"Livrai-me de todo mal, amém."

(Autor desconhecido)

Ser um lago












O velho mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo de água e bebesse.


- Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
- Ruim - disse o aprendiz.


O mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago. Os dois caminharam em silêncio e o jovem jogou o sal no lago.


Então o velho disse:
- Beba um pouco dessa água.


Enquanto a água escorria do queixo do jovem o mestre perguntou:
- Qual é o gosto?
- Bom! disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal? perguntou o Mestre.
- Não - disse o jovem.


O mestre então sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda. Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos. Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta. É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu. Em outras palavras: É deixar de ser copo, para tornar-se um lago.

(Autor desconhecido)

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

As jóias e a sabedoria Hindu.


Sabedoria hindu





As jóias exercem uma verdadeira fascinação sobre as pessoas.
Se seu lado esotérico anda forte, dê uma olhada nestes conselhos registrados em um milenar texto hindu:

As pedras preciosas, arrancadas das entranhas da Terra, são pólos captores de forças pelo seu magnetismo natural, protegendo, desse modo, quem as usar. A pessoa mal intencionada, ao olhar para alguém que usa uma jóia de pedra preciosa, terá sua intenção imediatamente, desviada para a jóia, descarregando nela suas más intenções, inveja, ciúme e raiva.

As jóias devem ser bem visíveis e chamarem a atenção para si. Por captarem as forças negativas, devem ser periodicamente descarregadas dos maus fluidos e, ao mesmo tempo, recarregadas com as forças magnéticas da natureza. Para isso, devem ser colocadas diretamente em contato com a terra, pelo menos uma vez por ano, de preferência ao pé de uma roseira natural e, melhor ainda, em noite de lua cheia, aumentando sua magia e poder.

Uma pessoa nunca deve usar as jóias de outras, sob pena de receber as cargas negativas acumuladas na jóia, a não ser que elas tenham sido antes descarregadas.

Presentear alguém com uma jóia significa, além da demonstração de carinho e afeto, que você está querendo proteger a quem a usar.

Veja Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Edna MarS"