segunda-feira, 10 de junho de 2013

10 de junho - O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas





10 de junho - O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

Celebrado a 10 de junho, é o dia em que se assinala a morte de Luís Vaz de Camões em 1580, e também um feriado nacional de Portugal.
Luís de Camões representava o génio da pátria na sua dimensão mais esplendorosa, significado que os republicanos atribuíam ao 10 de Junho, apesar de nos primeiros anos da república ser um feriado exclusivamente municipal.
Com o 10 de Junho, os republicanos de Lisboa tentaram invocar a glória das comemorações camonianas de 1880, uma das primeiras manifestações das massas republicanas em plena monarquia.

Dia da Raça e Dia das Comunidades

O 10 de Junho começou a ser particularmente exaltado com o Estado Novo, o regime instituído em Portugal em 1933 sob a direcção de António de Oliveira Salazar. Foi a partir desta época que o dia de Camões passou a ser festejado a nível nacional. A generalização dessas comemorações deveu-se bastante à cobertura dos meios de comunicação social.1

Durante o Estado Novo, o 10 de Junho continuou sendo o Dia de Camões.
O regime apropriou-se de determinados heróis da república, não no sentido laico que os republicanos pretendiam, mas num sentido nacionalista e de comemoração colectiva histórica e propagandística.1

Até ao 25 de Abril de 1974, o 10 de Junho era conhecido como o Dia de Camões, de Portugal e da Raça, este último epíteto criado por Salazar na inauguração do Estádio Nacional do Jamor em 1944. A partir de 1963, o 10 de Junho tornou-se numa homenagem às Forças Armadas Portuguesas, numa exaltação da guerra e do poder colonial.
 Com uma filosofia diferente, a Terceira República converteu-o no Dia de Portugal,
de Camões e das Comunidades Portuguesas em 1978.
Desde o ano 2013 a comunidade autónoma da Extremadura espanhola festeja também este día.

Comemorações

As comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas são celebradas por todo o país, mas só as Comemorações Oficiais são presididas por sua excelência, o Presidente da República e muitas outras individualidades como o Primeiro-Ministro, os Embaixadores e outras demais ilustres personalidades.

As comemorações envolvem diversas cerimónias militares, exposições, concertos, cortejos e desfiles, além de uma cerimónia de condecorações feita pelo Presidente da República. Todos os anos, o Presidente da República elege uma cidade para ser sede das comemorações oficiais, como por exemplo: 2007 - Setúbal, 2008 - Viana do Castelo, 2009 - Santarém, 2010 - Faro, 2011 - Castelo Branco, 2012 - Lisboa.

Em 2013 as comemorações oficiais decorrem na cidade de Elvas, é a segunda vez, depois de Chaves, em 1997, que as comemorações oficiais decorrem numa cidade que não é capital de distrito, embora Elvas seja a maior cidade do Distrito de Portalegre. Uma das razões para que Elvas tivesse sido a escolhida foi o facto da cidade de Elvas ter sido classificada em 2012 como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO, além de ser uma das cidades mais importantes de Portugal a nível militar e de ser a cidade mais fortificada da Europa e também muito segura.

[Fonte- Wikipédia]


Monumento a Luís de Camões - Lisboa *

Aqui,
nossa homenagem à Nossa Pátria irmã - Portugal
e todos os Cidadãos Portugueses que com sua Amabilidade,Cultura e Arte,
muito tem nos favorecido!

Edna MarS*


Nenhum comentário:

Veja Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Edna MarS"