terça-feira, 27 de setembro de 2011

Meu Nome


(Meu nome em árabe)


Meu nome escrevi na areia.
O oceano o roubou!
Levou-o para longe…
... de mim ...

... para se encontrar em mim
que de mim saí
para me encontrar
fora do que de mim existe
e … os olhos não vêm,
… o coração não sente,
… a alma não encontra,
… o corpo desnorteia.
Lancei meu nome no vento!
Viajou por todos os cantos,
viu o encanto que de mim sai,
sem ver que seu feitiço
me dilacera …
pela descrença da robustez.
Meu nome branqueei na água salgada!
Removi o fascínio do futuro
a ilusão e contradições,
de sonhos transmutados
em realidade dilacerada.
Meu nome está aqui,
sou eu, assim como sou,
não sendo nunca o que sou,
para ser o que tenho de ser!
(Serenidade)

Nenhum comentário:

Veja Também:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Edna MarS"